sexta-feira, 13 de julho de 2012

To Rock’n Roll


Que música é essa que mexe com tantas pessoas ao redor do mundo? Que som doido e desvairado é esse que faz pessoas comuns e normais virarem lunáticos em shows e apresentações? Que concertos são esses que fazem multidões largarem sua individualidade e se arrebanharem como gado em estádios e casa de shows, todos com suas mãos erguidas, gritando e adorando seus ídolos? Será isso uma religião? Que no mesmo estilo de guitarras distorcidas e bumbos duplos serve tanto para adorar a Deus quanto ao Diabo? Que música é essa que invoca o céu e o inferno, que gera esclarecidos e fanáticos, que promove as drogas e ao mesmo tempo luta para escapar delas, que fortalece o capitalismo e ao mesmo tempo grita contra o sistema, que enriquece alguns poucos e ao mesmo tempo se preocupa com os pobres, que muda o mundo e é mudada por ele?

Isso é rock’n roll!

Um mar de opiniões tão díspares que não poderiam conviver no mesmo ambiente, uma miscelânea musical que abrange uma infinidade de estilos, da simplicidade rebelde do Punk à soberba egocêntrica do Prog. Tão grande e vasto é o rock que invade os mais diversos estilos musicais: a musica erudita, o jazz, o rap e até mesmo musica folclórica, numa infinidade de subgêneros.

O rock influenciou gerações, move multidões e gera lendas, mas a principal contribuição do rock é aquela mudança que ele promove no pensamento individual das pessoas que se permitem escutá-lo, as vezes para o bem as vezes para o mal, o rock é como aquele rio onde, uma vez que você mergulha nele já não sairá mais a mesma pessoa! Se a mudança será boa ou ruim, depende de cada um.

Feliz Dia do Rock!
Postar um comentário