domingo, 12 de novembro de 2017

From the Fire - Greta Van Fleet

O Greta Van Fleet, banda de rock americana formada em 2012 pelos irmãos Josh Kiszka, Jake Kiszka, Sam Kiszka, além do baterista Danny Wagner, foi uma das grandes revelações deste ano. Primeiro por seu EP de estréia "Black Smoke Rising", de 2017, onde a banda mostra uma hard rock poderoso, cativante e uma semelhança absurda com o Led Zeppelin. Dos riffs de guitarra, perpassando as viradas de bateria, as notas de baixo e principalmente os timbres vocais de Josh, assustadoramente parecidos com o do jovem Robert Plant. 

A banda soa com o Led dos primeiros anos, particularmente o dos discos Led Zeppelin II e III, mas a força e qualidade das canções é tão grande que não parece uma cópia barata, a sensação é mais como ouvir material inédito do próprio Led. Exceto a canção título, que é um ponto fora da curva, todas as demais, a saber: "Higway Tune", "Flower Power" e "Safari Song" são puro Led Zeppelin redivivo. 

Recentemente a banda lançou um segunde EP "From The Fire", este duplo, trazendo as quatro canções já apresentadas e quatro novas. Neste novo lançamento a banda expande seus horizontes trazendo mais elementos para sua música. "A Change is Gonna Come", por exemplo, traz um pomposo e belíssimo coral gospel numa balada hard rock. Assim como Meet On The Ledge, outra balada com corais pomposos, traz notas de rock setentista.

Eles parecem estarem inseridos nessa leva de artistas com sonoridade retrô que enxergam o futuro do rock'n roll dando uma cuidadosa e talentosa olhada para o passado. Nada mais justo. Sempre é possível explorar o passado em busca do futuro sem cair na cilada do plágio. "From the Fire" indica que a banda tem habilidade suficiente para crescer ainda mais. 

Ainda é cedo para dizer se eles são de fato o novo Led Zeppelin ou se irão continuar o trabalho da onde o Led o deixou no passado. Mas  uma única audição desse disco é o suficiente para mostrar que essa banda merece sua atenção. Um nome para prestar atenção no futuro e que tem potencial de crescer horrores no futuro, traçar um caminho parecido com o Ghost tem tomado. Eu particularmente torço para que seja assim.

Se você gosta de rock, se você gosta de Led Zeppelin, se você gosta de boa música, não deixe o ano terminar sem conferir. Tá nas plataformas de streaming. Corre lá.



Postar um comentário